Caminhadas e Trilhas

Unimed Sul Capixaba

NOTÍCIAS


17.05.2008

Jornalista Míriam Leitão defende preservação da Amazônia.

 

 

Em sua coluna diária do Jornal A Tribuna, desta sexta feira, dia 16/05/2008, a Jornalista Miriam Leitão defendeu fortemente a preservação da Amazônia e citou dados contundentes.

Segundo ela, 100 mil quilômetros quadrados foram destruídos de Floresta Amazônica no Governo Lula. Um Estado de Pernambuco inteiro, sem contar 2008. Acusavam Marina Silva, ex-ministra, de ser intransigente. Imaginem se não fosse. O Brasil está no meio de uma guerra e o campo de batalha é a Amazônia. A saída da Marina Silva é um lance desta guerra, que continuará com Carlos Minc.

O aumento dos preços das commodities, a crise da falta de alimentos no mundo, a necessidade de gerar mais energia para sustentar o crescimento , o período eleitoral, o bloqueio dos financiamentos, tudo isto vai intensificar a luta na Amazônia.

Querem aprovar leis que ampliem as facilidades de desmatamento da Amazônia. Não acham o bastante o Brasil perder 100 mil kms quadrados de floresta em seis anos. Uma das propostas é aceitar que quem desmatou 50% de sua propriedade possa refazer a reserva legal com espécies exóticas. Isso produziria dois efeitos. Primeiro, quem ainda tem 80% de reserva abateria tudo imediatamente para fazer uso comercial da terra; segundo, o País trocaria a requíssima biodiversidade amazônica por plantações de eucaliptos. A troca não seria inteligente.

Há tarefas inadiáveis na Amazônia, seja qual for o ministro ou presidente. Atualizar a nossa posição sobre o clima, a regularização das terras e sua questão fundiária, deter irremediavelmente o desmatamento, etc.

O Governo pode jogar rios de dinheiro através dos bancos públicos e dos fundos soberanos no bolso dos empresários brasileiros, mas,    se o Brasil não combater, com atos, as evidências de que a nossa produção agropecuária cresce ás custas da floresta,nossas exportações serão barradas. Quem naõ entende isso é que é contra o agronegócio.

(trechos copiados integralmente da colunista Miriam Leitao)

 

 

Caminhadas e Trilhas

Todos os direitos reservados © 2016 Caminhadas e Trilhas.