Caminhadas e Trilhas

Unimed Sul Capixaba

Notícias


18.08.2014

Caçar envergonha o ser humano!

 

 

Talvez seja a única espécie do Planeta que mata outra espécie por um “simples prazer”. Por que matar um animal deste porte apenas para bater um recorde. Aonde vamos parar ! Acorde e tenha vergonha, nós, humanos! Outras espécies matam para  comer ou para defesa! Vamos pensar e refletir um pouco sobre isto.

Fonte: Uol

Aligátor de 459 kg pode bater recorde de o maior já caçado no Alabama

Ampliar

Você já viu animais como esses?133 fotos

130 / 133
18.ago.2014 - Um grupo de caçadores no Alabama, Estado norte-americano onde a prática é permitida, capturaram e mataram um jacaré-americano de 4,57 m de comprimento e 459 kg. Mandy Stokes (dir.) afirma ter caçado o animal no rio Alabama, na altura da cidade de Thomaston, com ajuda do marido, John Stokes (dir.), o cunhado, Kevin Jenkins (esq. de camiseta vermelha), e os filhos dele, Savannah, 16, e Parker, 14Sharon Steinmann/AP/Al.com

Um grupo de caçadores no Alabama, Estado norte-americano onde a prática é permitida, capturaram e mataram no último sábado (16) um jacaré-americano de 4,57 m de comprimento e 459 kg. Eles reclamam agora o recorde estadual de "maior aligátor já caçado".

Mandy Stokes afirma ter caçado o animal no rio Alabama, na altura da cidade de Thomaston, com ajuda do marido, John Stokes, o cunhado, Kevin Jenkins, e os filhos dele, Savannah, 16, e Parker, 14.

 

Sharon Steinmann/AP/Al.com
Mandy Stokes segura bebê enquanto olha o aligátor

 

"Temos de agradecer a Deus. Dez homens não teriam conseguido o que nós conseguimos [caçar o aligátor]", disse John Stokes à Associated Press.

Mandy descreveu a "pequena batalha" para caçar o animal gigante. Depois de fisgá-lo com ganchos grandes, coube a ela atirar com uma espingarda calibre .20 por trás da cabeça do bicho. Mas ela errou o tiro. "Isso deixou o aligátor bravo."

O aligátor emergiu a frente do barco de 5 metros onde a família estava e começou a puxá-lo, até que a pequena embarcação bateu em raízes submersas. Foi quando Mandy finalmente acertou um tiro no animal e deu fim à caça.

Eles levaram o aligátor até o posto de checagem do Parque Roland Cooper, em Camden. Os biólogos do local atestaram a medida que pode ser reconhecida como recorde – o Alabama não mantém um registro formal de recordes, apenas das caças legais ocorridas nos últimos nove anos.

O maior animal capturado até então tinha sido um outro aligátor, também pego no rio Alabama, com 4,26 m e 380 kg, pelo caçador  Keith Fancher. 

A família pretende levar o animal até uma loja de taxidermia para que seja empalhado. (Com Associated Press e AL.com)

 

 

Caminhadas e Trilhas

Todos os direitos reservados © 2016 Caminhadas e Trilhas.