Caminhadas e Trilhas

Unimed Sul Capixaba

Notícias


21.09.2013

Estado vai proteger mais florestas no ES !

 

 

Estado vai proteger mais florestas no ES
20/09/2013 - 18:14
 

Para proteger áreas contínuas de florestas entre o Parque Estadual da Pedra Azul, em Domingos Martins, e o Parque Estadual de Forno Grande, em Castelo, o governador Renato Casagrande anunciou três importantes ações, nesta sexta-feira (20), no Palácio Anchieta. As iniciativas irão contribuir para a preservação de matas em bom estado de conservação e de espécies ameaçadas de extinção. 

Durante o evento, foi assinado pela secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Diane Rangel, o decreto que amplia o Parque Estadual de Forno Grande em aproximadamente 180 hectares. 

O objetivo é a proteção da pedra do Forno Grande. Além dos aspectos cênico e geológico, com a aquisição de novas áreas será possível criar trilhas e melhorar a infraestrutura da unidade.

“Estamos executando o imageamento do Espírito Santo e, no próximo ano, teremos essa radiografia das nossas florestas, o que vai permitir melhorar nossos planejamentos públicos, empresariais, da sociedade, da agricultura. E essa ação hoje, de preservação, está dentro do Programa Reflorestar, do Governo do Estado, de recuperação das nossas florestas. No futuro, queremos criar um corredor ecológico entre os parques da Pedra Azul e de Forno Grande, trabalhando a preservação ambiental, com sustentabilidade econômica e social para os municípios da região”, disse o governador Renato Casagrande. 

“Normalmente, comemoramos o Dia da Árvore - 21 de setembro, com plantio de mudas. Porém, este ano estamos celebrando a data com um conjunto de ações efetivas para a proteção de uma grande área florestal, em uma região importantíssima para manutenção da biodiversidade no Estado”, explicou a secretária Diane Rangel. 

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama), a MVI Administradora de Investimentos Imobiliários Ltda e a Prefeitura de Vargem Alta também assinaram um Termo de Compromisso para o Reconhecimento de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) na região de Monte Verde, no município. 

A reserva será de extrema relevância para a proteção ambiental no Estado, pois irá abrigar uma grande extensão de mata em bom estado de conservação. Seu território será de aproximadamente dois mil hectares. Entre as unidades desta categoria no Espírito Santo, esta será a segunda maior. 

No local, há a ocorrência da saíra-apunhalada (Nemosia rourei), que figura na lista dos animais ameaçados de extinção. A ave é típica da região e chegou a ser considerada extinta por mais de 50 anos. Contudo, no final da década de 1990, pesquisadores comprovaram sua existência nas regiões Sul e Serrana do Espírito Santo. 

Monte Verde fica entre os Parques de Forno Grande e da Pedra Azul e a criação da reserva irá contribuir para a conexão entre as duas Unidades de Conservação (UC), interligando fragmentos florestais e preservando a biodiversidade. 

“Este acordo transforma uma expressiva área ambiental em uma RPPN e sem nenhum ônus para o Estado”, explicou o diretor presidente da MVI, Nilton Carlos Chieppe. 

Reserva Particular 

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) é uma Unidade de Conservação privada, sua criação parte de um ato voluntário e possui caráter perpétuo, ou seja, a área é protegida por Lei para sempre. São áreas estratégicas para o aumento da conectividade entre paisagens.

Para estimular que mais reservas sejam criadas, foi instituído por meio de decreto o Programa Estadual de Apoio e Incentivo às RPPNs. Desta forma, será possível beneficiar os proprietários com a doação de produtos e equipamentos, conversão de multas, compensação ambiental e com o mecanismo de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). A partir de agora, o Estado também poderá reconhecer estas reservas em áreas urbanas e não somente em zonas rurais.

Também participaram do evento o diretor presidente do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), Tarcísio José Föeger, o secretário de Estado do Turismo, Alexandre Passos, e o diretor de Relações Coorporativas da MVI, Luiz Wagner Chieppe. E, ainda, os prefeitos de: Vargem Alta, João Bosco Dias; Castelo, Jair Ferraço Junior; de Domingos Martins, Luiz Carlos Prezoti Rocha; além de representantes do trade turísticos da Pedra Azul, do Conselho Estadual de Meio Ambiente, do setor empresarial e de ONGs ambientalistas. 

 
Informações à Imprensa:
Comunicação Seama/Iema 
Amanda Amaral/Mariana Salume
(27) 3636-2591/9977-1012/ 9844- 4831
meioambiente.es@gmail.com
www.facebook.com/MeioAmbienteEs
Twitter: @meioambientees

 

 

Caminhadas e Trilhas

Todos os direitos reservados © 2016 Caminhadas e Trilhas.